Secretaria

Prevenção

Serviços




12.03.2013

Coordenação Municipal de DST/Aids apresenta balanço da campanha de carnaval


Público alvo da campanha foi população sexualmente ativa, na faixa etária entre 15 e 49 anos. Foram distribuídos 31 mil folders, 191 mil preservativos, 30 mil unidades de gel lubrificante, 30 mil camisetas e 555 cartazes


A Coordenação Municipal de DST/Aids fez um balanço da Campanha de Carnaval " A vida é melhor sem Aids. Proteja-se. Use sempre camisinha.", proposta pelo Ministério da Saúde, com objetivo de divulgar as formas de prevenção às DST/HIV/Aids durante o Carnaval e incentivar a testagem para HIV. O público alvo da campanha foi a população sexualmente ativa, na faixa etária entre 15 e 49 anos. Nas ações foram distribuídos materiais educativos e insumos de prevenção às DST/HIV/Aids num total de 31 mil folders, 191 mil preservativos, 30 mil unidades de gel lubrificante, 30 mil camisetas e 555 cartazes.

De acordo com relatório da coordenadora municipal de DST/Aids, Laura Branquinho do Nascimento, no ano de 2012, foram notificados 231 casos novos de Aids em residentes no município Goiânia, tendo uma taxa de incidência de 17,3 casos para 100 mil habitantes. Foram registrados 161 casos no sexo masculino e 70 casos no sexo feminino, tendo uma razão de sexo de 2:1, ou seja, dois casos do sexo masculino para um caso do sexo feminino. A via heterossexual é a principal categoria de exposição para a infecção pelo HIV, seguida da homossexual e bissexual. Considerando a via de exposição por sexo, dos casos notificados em 2012, nota-se que a maior parte dos homens teve exposição homossexual, sendo registrados 52 casos.

Ações

Na Campanha de Carnaval foram realizadas ações de prevenção dos Distritos Sanitários junto às Unidades de Saúde; da Divisão de Saúde Mental e Consultório de Rua em parceria com as Organizações Não Governamentais (ONG) e com estabelecimentos onde há predominância de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT), por meio da distribuição de material educativo, preservativos masculinos e gel lubrificante. Foi veiculado também, nas rádios de maior audiência, o Spot da campanha com duração de 30 segundos abordando a temática: "A vida é melhor sem Aids. Proteja-se".

A Divisão de Saúde Mental, em parceria com o Consultório de Rua, realizou a Oficina de construção de fantasia e máscaras, Oficina de pintura de rosto/maquiagem cênica; Rodas de cirandas, Apresentações artísticas e espaço informativo com distribuição de materiais educativos e insumos de prevenção às DST/HIV/Aids. Realizou também uma passeata na Praça Universitária. A Coordenação de DST/Aids participou ainda da ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal, Coordenação Estadual de DST/Aids e Coordenação de DST/Aids de Aparecida de Goiânia.


Texto Marileusa Ataides Cintra