Defensoria Pública pode acompanhar Regulação da Saúde em Tempo Real





Nova ferramenta foi apresentada pelo Complexo Regulador de Goiânia.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Superintendência de Regulação e Políticas de Saúde, apresentou nesta terça-feira, 10, à Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPEGO), uma nova ferramenta de acompanhamento do sistema do Complexo Regulador de Goiânia. Por meio da intranet, os Defensores Públicos que recebem as demandas da sociedade na área da Saúde poderão, a partir de agora, acompanhar diretamente como está se desenvolvendo a regulação das vagas.

O acesso é feito com senha específica a três telas: lista de espera de consulta especializada, lista de espera de cirurgia eletiva e leitos de UTI, sendo que a última será pública.

A apresentação do sistema foi realizada na sede da DPEGO às defensoras, Michelle Bitta Alencar de Sousa e Lucianna Fernanda de Castro Barbosa. “Conhecer e poder acompanhar de perto o desenrolar dos casos que chegam até nós é de fundamental importância, pois o defensor terá mais condições de tomar uma decisão de forma cada vez mais justa”- explicou a defensora Lucianna Fernanda de Castro Barbosa.

A Defensora Pública Michelle Bitta Alencar de Sousa afirmou que o acesso às informações vai agilizar o trabalho do órgão. “Como o Complexo Regulador envolve, em muitos casos, a pactuação entre o município de Goiânia, municípios do interior e até o Estado, será possível cobrar uma solução dos entes envolvidos de forma mais efetiva e direcionada”.

A proposta da Superintendência de Regulação e Políticas de Saúde da SMS é dar mais transparência ao trabalho que é desenvolvido pelo Complexo Regulador de Goiânia. “Temos uma gestão que se preocupa em ser mais justa, rápida e transparente possível. Reforçamos cada vez mais a segurança e o controle de distribuição das vagas, realização de exames, consultas e cirurgias, portanto, fazemos questão que órgãos como a Defensoria Pública acompanhe de perto este rigoroso trabalho que temos feito para prestar o melhor serviço ao usuário do SUS” - explica a Superintendente, Andréia Alcântara